Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Manejo do solo e do rebanho leiteiro tem destaque no Show Rural

Créditos: Emater - Manejo do solo e do rebanho leiteiro tem destaque no Show Rural
Créditos: Emater

Diversas tecnologias que melhoram o desempenho da atividade leiteira estão sendo apresentadas aos visitantes que passam pela área de pecuária leiteira do Instituto Emater durante o Show Rural Coopavel, até sexta-feira (dia 8), em Cascavel. Diminuir os custos com alimentação ou aumentar a produtividade do rebanho são as alternativas que os extensionistas oferecem para que os produtores superem as frequentes crises da cadeia produtiva do leite.  

“Estamos apresentando alguns métodos e sistemas de produção que ajudam o produtor a não sentir tanto as movimentações na economia. E isso passa pela escolha da pastagem correta e a forma como será feita a sua implantação, passando por sistemas de plantio, correção de solo e adubação. Trabalhamos a questão de manejo das pastagens que é fundamental”, afirma Endrigo Antônio de Carvalho, extensionista do Instituto Emater.

No espaço do Show Rural o Instituto Emater mostra, por exemplo, a importância de o produtor respeitar o momento exato de colocar os animais no pasto. Assim é possível evitar que os investimentos com sementes, fertilizantes e máquinas se transformem em prejuízos. Os extensionistas também estão alertando os produtores rurais sobre a importância de se preservar a qualidade do leite. “Hoje ainda observamos muita gente que se preocupa com a qualidade pensando apenas em receber mais dos laticínios, mas não é só isso. Quando melhoramos o desempenho dos animais em relação à contagem de células somáticas e contágio bacteriano total, sabemos como está a saúde do rebanho, que é algo diretamente relacionado ao aumento da produtividade”, alerta Carvalho.

Os técnicos estão mostrando aos visitantes do Show Rural, as principais plantas que podem ser tóxicas aos animais na região Oeste. Outro aspecto do trabalho dos extensionistas é chamar a atenção dos produtores para que eles adotem sistemas de produção mais vantajosos tanto para o solo quanto para o rebanho. Carvalho observa que é preciso diminuir a janela de vazio forrageiro- quando falta alimento para os animais- para manter a produtividade ao longo de todo o ano. “Fazendo o plantio do milheto em consórcio, quinze ou vinte dias após colher a soja você já tem material pronto para alimentar os animais ou para cobrir e proteger o solo. São sistemas de produção e tecnologias disponíveis para o produtor melhorar a qualidade, a renda e a conservação do solo”, explica o extensionista. Todas essas informações, juntamente com os resultados obtidos por propriedades acompanhadas pelo Instituto Emater estão à disposição dos visitantes durante o Show Rural Coopavel. Os produtores ainda podem aprender a diminuir a diarreia em bezerras,  problema comum na região, com o uso de um soro caseiro que é ministrado aos animais. O Show Rural Coopavel vai até sexta-feira, dia 8, e a área do Instituto Emater pode ser visitada das 8h às 18h. 

Fonte: Emater

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo