Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Extrativistas esclarecem dúvidas sobre participação na PGPM-Bio

O acesso à Política de Garantia de Preços Mínimos para Produtos da Sociobiodiversidade (PGPM-Bio) é o tema da capacitação promovida pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que acontece nesta sexta-feira (22), em Macapá. O evento será no auditório da Companhia no estado e começa a partir das 9h.

“A Conab apoia a comercialização de produtos extrativos e garante um preço mínimo para 17 produtos nativos, como açaí, andiroba, babaçu, baru, borracha, castanha, murumuru, entre outros”, explica a superintendente da Conab no Amapá, Thallyta Resende Ribeiro. “O objetivo do treinamento é justamente a difusão de informações para apoiar o crescimento dessa atividade econômica, assegurando o trabalho e a manutenção dos extrativistas”.

Segundo Thallyta, outra meta do evento é promover a divulgação do Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais (Sican), operado pela Conab e exigido para acesso em diversos programas e políticas da empresa. “O encontro é também uma oportunidade para que todos os presentes possam conhecer outras oportunidades de apoio oferecidas pela Companhia e tirem dúvidas a respeito das ações da Conab que serão apresentadas”, completa.

O evento será aberto ao público e contará com a participação de agricultores, extrativistas, representantes de associações e cooperativas e do setor público estadual e municipal, diretamente ligados as atividades do agronegócio no estado. A programação está divida em três palestras, com temas ligados ao levantamento de preços dos produtos da sociobiodiversidade no Amapá, o acesso à PGPM-Bio e ao Sican.

Fonte: Conab

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo