Ações do Corpo de Bombeiros e outras forças policiais garantem feriado tranquilo em Porto Rico

O município de Porto Rico, na Costa Extremo Noroeste do Paraná, com o trabalho de guarda-vidas e das forças policiais estaduais neste feriado prolongado da Independência (de 04 a 07 de setembro). A ação faz parte de um planejamento estratégico da Secretaria estadual da Segurança Pública, em conjunto com as instituições vinculadas, para promover mais segurança tanto nas ruas quanto nas águas aos moradores e turistas que aproveitavam o feriado neste local.

O 9º Subgrupamento de Bombeiros Independente atuou com reforço no efetivo de guarda-vidas militares e civis, divididos em nove postos (cinco nas prainhas de Porto Rico e os demais nas imediações), equipados com lanchas, moto aquáticas e viaturas. Durante os quatro dias do feriado, o Corpo de Bombeiros registrou 557 orientações, 265 advertências, três atendimentos pré-hospitalares (APH), três resgates em embarcação e um resgate de pessoa. Além disso, nenhum afogamento foi registrado nas prainhas do município de Porto Rico.

A atuação do Corpo de Bombeiros na região garantiu a diversão em segurança dos banhistas, conforme informou o comandante do 9º SGBI, major Jardel Pereira dos Santos. “A presença do nosso efetivo trouxe mais segurança e tranquilidade para o turista poder se banhar nas águas do rio Paraná, pois sabiam que tinha alguém ali cuidando para que eles pudessem se divertir e ser orientados da maneira correta, sem colocar suas vidas em risco”, afirmou.

A Polícia Militar, coordenada pelo 3º Comando Regional da Polícia Militar, também atuou com reforço no policiamento preventivo e ostensivo nas praias de água doce de Porto Rico, no intuito de proporcionar um feriado seguro aos visitantes, além de evitar os crimes transfronteiriços como tráfico de drogas, contrabando e descaminho de pessoas que utilizam o Rio Paraná como rota para atividades ilícitas.

“A região Noroeste tem crescido bastante e as pessoas têm procurado mais as prainhas como destino para suas férias e feriados, por isso estamos intensificando as ações preventivas e de operações policiais naquela área, com um único objetivo: levar mais segurança à população e aos trabalhadores”, destaca o comandante-geral da PM, coronel Hudson Leôncio Teixeira.

UNIDADE MÓVEL  – Já a Polícia Civil, além das atividades de polícia judiciária, que já existe na região de Porto Rico, também levou ao local a delegacia móvel para oferecer à população os serviços de polícia cidadã, como confecção de boletins de ocorrência e demais atendimentos e orientações. A unidade móvel funciona em um ônibus e conta com instalações modernas e equipamentos de última geração, com internet 4G, sistema de câmeras de monitoramento, gerador de energia elétrica independente, computadores que permitem seis atendimentos simultâneos, além de acessibilidade às pessoas com limitações de locomoção.

Os policiais civis também utilizaram drones para auxiliar no monitoramento da movimentação de suspeitos entre banhistas e as embarcações, atuando de forma integrada com a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros, conforme destacou o delegado que comandou a operação da Polícia Civil em Porto Rico, Luiz Carlos de Oliveira.

“Tivemos alguns casos de Termos Circunstanciados, ameaças e encontros de documentos, além de festas que foram flagradas por meio do drone, e também tivemos a oportunidade de orientar as pessoas. Graças a gestão da Secretaria da Segurança, aconteceu, pela primeira vez, um trabalho integrado entre as forças de segurança nesta localidade, para prestar atividades de polícia cidadã, o que foi bastante profícuo e já tivemos, inclusive, a solicitação para mantermos esse trabalho em feriados prolongados, como esse”, afirmou o delegado. “Ficamos bastante entusiasmados com esse trabalho e integração”, acrescentou.

Informações da Agência Estadual de Notícias