Adolescentes que fugiram para a praia são encontrados

A aventura perigosa de dois adolescentes, de 13 e 14 anos, que saíram de bicicletas de Cianorte, com destino à praia de Guaratuba, escondidos dos pais, terminou em Campo Mourão, na noite desta quarta-feira (04). O caso teve grande repercussão após as famílias comunicarem o desaparecimento dos garotos, sendo por meio dessa exposição nas redes sociais, que o vigilante de uma empresa de monitoramento de Campo Mourão, os reconheceu ontem à noite, enquanto passavam pela cidade. A dupla foi abordada na rua Interventor Manoel Ribas, próximo ao cruzamento com a avenida Comendador Norberto Marcondes pelo vigilante, que comunicou a polícia militar. 

A equipe da PM os abordou e ambos admitiram que planejavam chegar a Guaratuba. Afirmaram que planejaram a viagem há uma semana, em três, mas o outro menino havia desistido. A dupla contou que saiu de casa na manhã de quarta-feira (04), apenas com 50 reais e almoçou no Distrito de São Lourenço, por volta das 12h. Depois seguiram pedalando pela rodovia PR-558 e, ao chegarem a Campo Mourão, pararam em uma casa abandonada. A intenção era pernoitar no local, mas mudaram de ideia e decidiram continuar a viagem, seguindo sentido a Peabiru/Maringá. Todavia, o vigilante de uma empresa monitorada os reconheceu na rua e acionou a PM. “Eles estavam bem, mas cansados, pois pedalaram cerca de 70 km”, disse o soldado Emerson.

O conselho tutelar foi chamado para acompanhar o caso e fez o contato com os familiares, que vieram a Campo Mourão para buscar os dos adolescentes.

As bicicletas usadas por eles foram avaliadas em cerca de 4 mil reais, o que poderia torná-los alvos fáceis de criminosos. “Além do risco de acidente, eles poderiam ser assaltados durante o trajeto, por serem praticamente duas crianças usando boas bicicletas”, relatou o policial.

Veja esta matéria em: