Advogado-geral da União, José Levi, pede exoneração do cargo

O advogado-geral da União, José Levi Mello do Amaral Júnior, informou nesta segunda-feira (29) que vai deixar o cargo. Levi estava no posto desde abril do ano passado. 

A decisão foi oficializada em carta enviada ao presidente Jair Bolsonaro. “Com o meu mais elevado agradecimento pela oportunidade de chefiar a Advocacia-Geral da União (AGU), submeto à elevada consideração de Vossa Excelência o meu pedido de exoneração”. 

Antes de chegar à AGU, Levi ocupava o posto de procurador-geral da Fazenda Nacional. Também já ocupou o cargo de secretário executivo do Ministério da Justiça e de consultor-geral da União na AGU.

Informações da Agência Brasil