“Ameba comedora de cérebro” pode ser causa da morte de criança nos EUA

Uma criança morreu após ter provavelmente contraído uma infecção rara causada pela “ameba comedora de cérebro”, em Nebraska, centro-oeste dos Estados Unidos.

O Departamento de Saúde do Condado de Douglas, com sede em Omaha, no Nebraska, informou que os médicos acreditam que a criança morreu de meningoencefalite amebiana primária, uma infecção geralmente fatal causada pela ameba naegleria fowleri.

Autoridades de saúde acreditam que a criança entrou em contato com a ameba no último domingo, enquanto nadava no Rio Elkhorn, a oeste de Omaha. A identidade da criança não foi revelada.

No mês passado, um morador do Missouri morreu da mesma infecção, provavelmente causada pela ameba no Lago dos Três Incêndios, no sudoeste de Iowa. As autoridades do estado fecharam a praia do lago por precaução por quase três semanas.

A infecção geralmente acontece quando a água de lagos ou rios, contaminados pela ameba, entra no corpo pelo nariz. Os sintomas são febre, dor de cabeça, náusea ou vômito, progredindo para torcicolo, perda de equilíbrio, alucinações e convulsões. Os casos são raros – cerca de três por ano nos Estados Unidos – mas extremamente fatais.

Informações SBT News