Após semana pública, rei Charles lll deve ter dia privado para reflexão

Após quase uma semana de eventos públicos, o rei Charles III deve ter um dia privado, nesta quinta-feira (15), para refletir sobre a morte da mãe, a rainha Elizabeth II. Segundo cronograma do governo britânico, o monarca deve permanecer na Highgrove House, em Gloucestershire, onde mora com a esposa, agora rainha consorte, Camilla Parker.

O dia de pausa faz parte da operação London Bridge, que envolve os arranjos para o velório da rainha e o possível tempo até a nova coroação. Com isso, Charles deve ter um dia reflexivo para lidar com o luto e conseguir se preparar para as funções públicas, bem como para o funeral de Estado na próxima segunda-feira (19). 

Por outro lado, a princesa Anne, acompanhada do marido, Sir Timothy Laurence, viajará à Escócia para se encontrar com representantes de organizações que Elizabeth foi patrona. Ao mesmo tempo, o príncipe Edward e a família irão até Manchester, onde devem acender uma vela em memória do monarca.

Últimas homenagens à rainha Elizabeth II

Menos de um dia aberto para visitação, a fila para ver o caixão de Elizabeth, no Westminster Hall, em Londres, já conta com 3 km de extensão. Segundo última atualização do governo, a linha se estende ao longo do rio Tâmisa por quase todo o caminho até a ponte Blackfriars. O tempo de espera, por sua vez, pode chegar a cinco horas.

Fila de espera para ver o caixão da rainha | Reprodução/Twitter stevendeepcar

O caixão da monarca, feito de carvalho e chumbo, ficará disponível para visitação do público por 24h até a próxima segunda-feira (19), quando o corpo de Elizabeth será enterrado. Nesta madrugada, mais de 4,5 mil integrantes da guarda real realizaram um ensaio do desfile militar que deve acontecer no dia oficial do funeral.

Informações SBT News