Após ser acusada de roubo de cachorro, Luisa Mell rebate críticas: “Mentirosa”

A ativista da causa animal Luisa Mell entrou em uma polêmica nesta quarta-feira (16). Ela foi acusada de roubar um animal de estimação de uma família durante uma ação policial.

Pelas redes sociais, ela publicou um vídeo do resgate do animal e negou as acusações, feitas em um perfil no Twitter. O animal é da raça Borzoi, bastante rara no Brasil.

Na legenda da publicação, ela justificou a situação em que o animal se encontrava para o motivo do resgate. “A Borzoi estava há dias sozinha, em um quarto escuro e sem janelas quando a polícia chegou. Quem determinou quais ca~es seriam apreendidos foram as autoridades públicas, tendo o Instituto Luisa Mell apenas cumprido determinações das autoridades policiais”, afirmou.

Ela ainda apontou que a responsável pelo local responde pelos crimes de tráfico de drogas, maus-tratos de mais de 140 animais e exercício irregular da profissão de médico veterinário.

Informações do Fofocalizando – SBT