Café arábica recua na ICE com realização de lucros; açúcar bruto também cai

NOVA YORK/LONDRES (Reuters) – Os contratos futuros do café arábica negociados na ICE recuaram nesta segunda-feira, pressionados por movimentos de realização de lucros após ganhos acentuados na semana passada, enquanto o açúcar bruto também terminou o dia em queda.

CAFÉ

* O contrato maio do café arábica fechou em queda de 1,7 centavo de dólar, ou 1,2%, a 1,358 dólar por libra-peso, ampliando as perdas de sexta-feira, quando quebrou uma sequência de seis sessões de altas.

* Operadores disseram que o mercado estava propício para realizações de lucros após os fortes ganhos da semana passada, embora o ambiente macroeconômico –com o dólar mais forte e a curva de juros subindo nos Estados Unidos– também tenha jogado contra as commodities.

* O panorama de longo prazo, no entanto, segue positivo, já que o Brasil –maior produtor global– terá uma safra muito menor neste ano.

* O café robusta para maio recuou 8 dólares, ou 0,5%, para 1.465 dólares a tonelada.

* As exportações de café do Vietnã provavelmente recuaram 18,5% nos dois primeiros meses do ano, em comparação com igual período do ano anterior, para 271 mil toneladas, segundo dados governamentais publicados no domingo.

AÇÚCAR

* O contrato maio do açúcar bruto fechou em queda de 0,24 centavo de dólar, ou 1,6%, a 16,21 centavos de dólar por libra-peso.

* Operadores afirmaram que o mercado digeria detalhes do vencimento do contrato março, na sexta-feira, com 17.582 lotes negociados e portos para entrega incluindo Brasil, Índia, México e países da América Central.

* O açúcar branco para maio avançou 3 dólares, para 458,10 dólares a tonelada.

(Reportagem de Marcelo Teixeira e Nigel Hunt)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH2024R-VIEWIMAGE