Com estátua dourada de Trump, conservadores mostram fidelidade ao ex-presidente

Por Steve Holland e David Morgan

WASHINGTON (Reuters) – Conservadores norte-americanos saudaram Donald Trump em uma reunião anual na sexta-feira, em que até mesmo uma estátua dourada do ex-presidente estava exposta, mostrando que ele continua sendo uma força política republicana, apesar das cenas violentas em Washington no mês passado.

Congressistas conservadores proeminentes –incluindo os senadores Ted Cruz, Tom Cotton e Josh Hawley e os deputados Steve Scalise e Matt Gaetz– estavam entre os apoiadores de Trump que falaram na Conferência de Ação Política Conservadora (CPAC, na sigla em inglês) em Orlando, na Flórida, onde o ex-presidente estará no domingo.

Nas últimas semanas tumultuadas de Trump no cargo, seus apoiadores lançaram um ataque ao Capitólio dos EUA em 6 de janeiro, em uma tentativa de impedir o Congresso de certificar a vitória eleitoral do presidente democrata Joe Biden, uma vitória que Trump falsamente alegou ter sido manchada por fraude generalizada.

Se houvesse alguma dúvida de que o CPAC este ano foi dedicado a Trump, a estátua dourada do ex-presidente, vestido com uma jaqueta, gravata vermelha e shorts de boxe da bandeira dos Estados Unidos, estava em exibição no local da conferência.

Dois participantes empurraram a estátua enorme pelo saguão do centro de conferências, de acordo com um vídeo na mídia social. Não ficou claro por que a estátua, mostrando uma versão caricatural de Trump, estava lá.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH1P1MJ-VIEWIMAGE