Compagas faz chamada pública para aquisição de gás natural

Nesta segunda-feira (1º), a Companhia Paranaense de Gás (Compagas) lançou uma nova chamada pública para aquisição de gás natural. O volume de contratação é de 500 metros cúbicos/dia, para o período dos anos de 2022 e 2023. Já a partir de 2024, o volume é de 950 metros cúbicos/dia.

A iniciativa tem o objetivo de contribuir com a abertura do mercado de gás natural no Brasil, por meio da diversificação de fontes e agentes supridores, buscando mais competitividade mediante o impulso da concorrência na oferta de gás natural.

O lançamento do processo CP22 ocorre em todas as distribuidoras de gás canalizado do Centro-Sul do Brasil, que são: Compagas, MSGÁS (Companhia de Gás do Estado de Mato Grosso do Sul), GasBrasiliano (Gas Brasiliano Distribuidora), SCGÁS (Companhia de Gás de Santa Catarina) e Sulgás (Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul).

Este é o segundo processo lançado pelas distribuidoras em pouco mais de dois anos, com o objetivo de contribuir com a abertura de mercado de gás.

De acordo com a Compagas, ainda há barreiras relacionadas à regulação do transporte e também a outras etapas da cadeia de negócio que precisam ser superadas. “Com a primeira chamada pública foi possível uma aproximação com os agentes do mercado, aprofundar os estudos técnicos relacionados à contração do suprimento e identificar diversos desafios que impedem a evolução sustentável do mercado de gás – principalmente os ligados ao transporte e regulação do setor”, destaca o diretor-presidente da Compagas, Rafael Lamastra Júnior.

O edital unificado e os respectivos termos de referência de cada distribuidora estão disponibilizados nos sites das empresas. Os termos são individualizados por companhia, porém todas as demais informações serão tratadas de forma coordenada entre as cinco concessionárias. 

Colaboração AEN