Construção civil se destaca entre os setores como o que mais gerou empregos

A construção civil teve um bom desempenho em todo o Brasil mesmo com a pandemia. Em Maringá o cenário não foi diferente. Na cidade, o setor gerou sozinho mais vagas que o total de todos os outros setores juntos. Na construção civil foram 684 vagas geradas enquanto nos outros âmbitos foram 652 oportunidades. Para este ano a expectativa é de um crescimento de mais 4% no PIB (Produto Interno Bruto) em relação a 2020.
Segundo Leonardo Fabian, vice-presidente do Sinduscon (Sindicato da Indústria da Construção Civil), essa situação positiva deve-se a uma conjuntura de fatores, como o juros baixos, que incentivam o financiamento imobiliário, a inflação, que mantém a economia balanceada permitindo que as pessoas se programem com as rendas para a compra da propriedade, e a migração de dinheiro do mercado financeiro para o imóvel como um investimento. Esses aspectos somados ao mercado forte de Maringá tendem a impulsionar a construção civil em 2021. 
Veja esta matéria no Tribuna da Massa Maringá Edição Completa de hoje (22):