Coreia do Norte lança míssil intercontinental em direção ao Japão

A Coreia do Norte lançou, nesta quinta-feira (3), um míssil balístico intercontinental em direção ao Japão. Alarmes foram disparados em celulares, rádios e alto-falantes públicos, mas o míssil caiu no mar.

Na quarta-feira (2), a Coreia do Sul acusou os norte-coreanos de dispararem mais de 20 mísseis em um único dia. O país do sul respondeu lançando três mísseis contra os vizinhos do norte.

A porta-voz do Conselho de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Adrienne Watson, disse em um comunicado que os disparos de mísseis balísticos são uma violação das resoluções do Conselho de Segurança da ONU.

“Este lançamento, além do lançamento de vários outros mísseis balísticos nesta semana, é uma violação flagrante de várias resoluções do Conselho de Segurança da ONU e aumenta desnecessariamente as tensões e os riscos de desestabilizar a situação de segurança na região”, afirmou Watson.

Conselho de Segurança Nacional dos Estados Unidos condenou lançamento de mísseis | Reprodução/Casa Branca

Um dos vinte mísseis disparados na quarta-feira pela Coreia do Norte caiu perto da fronteira marítima com a Coreia do Sul, acionando sirenes de ataque aéreo e forçando os moradores da ilha de Ulleung a evacuar.

Este é o 36º disparo feito pela Coreia do Norte apenas em 2022. O aumento de testes balísticos está intensificando a tensão com a Coreia do Sul, o Japão e os Estados Unidos, sobretudo em meio à ameaça de um teste nuclear.  

Informações da Associated Press | SBT News