Desde o início da pandemia, 107,5 mil pessoas solicitaram RG online

A ferramenta 2ª Via Fácil, serviço realizado pela Polícia Civil do Paraná (PCPR), que permite a solicitação da Carteira de Identidade de forma remota, evitou a necessidade das pessoas saírem de casa para fazer o pedido. Desde o início da pandemia, em março de 2020, foram solicitadas 107.512 Carteiras de Identidade de maneira online.

Diariamente, mais de 400 cidadãos puderam fazer o pedido da segunda via do documento por meio do celular ou do computador. Somente nos primeiros meses de 2021, mais de 28 mil pessoas procuraram o serviço.

O Paraná é o primeiro estado a permitir solicitação online da segunda via do RG com a alteração da foto Das 107.512 carteiras de identidade solicitadas, 93.973 foram pedidos de reimpressão e 9.539 de atualização de foto.

Para o diretor do Instituto de Identificação do Paraná, Marcus Vinicius Michelotto, o sistema 2ª Via Fácil veio para ficar. “O serviço tem sido elogiado por outros estados e facilita o atendimento a milhares de paranaenses, dispensando-os de presença física em postos. Isso, além de contribuir para a prevenção da Covid-19, ainda economiza tempo, dinheiro e proporciona conforto à população”, disse.

Sistema

A ferramenta permite que o usuário faça a atualização remota da foto no Registro Geral (RG) pelo celular ou computador.  O antigo sistema permitia apenas a reimpressão remota do documento, sem qualquer atualização de dados ou foto.

A 2ª Via Fácil foi desenvolvida pela PCPR e a Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar).

Como fazer a solicitação

A solicitação pode ser feita pelo site da PCPR. Depois, basta clicar em: serviços da PCPR > Carteira de Identidade > agendamento > 2ª Via Fácil.

A solicitação pode ser feita para pessoas com 10 anos ou mais e que fizeram o último RG a partir de 2012. Para os usuários que possuem registro geral emitido antes de 2012, o sistema informará se será possível fazer a 2ª via fácil ou se precisará agendar atendimento.

A necessidade de ir até o posto permanece para aqueles que não possuem os dados de foto e impressões digitais no sistema. A 2ª via fácil tem custo de R$ 36,72. Nos casos de perda e extravio, o cidadão deverá solicitar apenas a reimpressão do documento.

Colaboração AEN