Duas mulheres presas por maus tratos e desacato

Duas mulheres foram parar na delegacia por maus tratos a animais. O caso aconteceu no bairro três lagoas, em Foz do Iguaçu. Duas mulheres, que seriam mãe e filha, moradoras da Rua Mercedes, eram donas de uma cadelinha com 7 filhotes, dois deles foram mortos pelas suspeitas. 

Um morador da região, que prefere não se identificar, contou à nossa equipe que as duas mulheres batiam nos animais com uma cadeira, além de arremessar os filhotes para o alto e fazer gestos obscenos. A testemunha, ao presenciar a cena, entrou em contato com o conselho municipal de proteção e defesa ambiental, que foi até o local. 

Imediatamente, a Polícia Ambiental também foi acionada. Segundo os policiais, as suspeitas resistiram a prisão, xingando a equipe, além de aparentarem estar sob o efeito de entorpecentes. Já na delegacia da Polícia Civil, uma das mulheres tentou quebrar a janela e os vidros do local. Durvalina da Silva de Morais e a filha Thalia de Morais Andrade foram presas pelo crime de maus tratos, com pena que varia de 2 a 5 anos e também responderão por desacato. Os animais foram recolhidos e ficarão sob a proteção da ong Vida Animal, enquanto aguardam a adoção.

Veja mais informações sobre este e outros casos no Tribuna da Massa de Foz do Iguaçu desta segunda-feira (18):

https://www.youtube.com/watch?v=q8yPGAZxfGs&t=179s