Em 2020, Paraná registrou redução nos níveis de poluição

As 11 estações de Monitoramento da Qualidade do Ar no Paraná pertencentes ao Instituto Água e Terra (IAT) indicaram que houve uma redução nos níveis de poluição em 2020, em comparação a 2019. A queda foi de 10% em média no ano, chegando a cerca de 40% no período entre março e agosto. O monitoramento do mês de janeiro de 2021 seguiu a classificação de boa qualidade, mantendo o mesmo nível do ano passado. 

Entre os fatores que influenciaram a queda dos níveis de poluição, estão a menor circulação de veículos e a diminuição de atividades nas fábricas, devido à pandemia do coronavírus. As medições são diárias e realizadas pelo IAT.

O Governo do Estado premia, todo ano, empresas paranaenses que decidem voluntariamente medir, divulgar e reduzir a pegada de carbono – emissões de dióxido de carbono (CO2), o mais importante gás de efeito estufa, causador do aquecimento global e das mudanças climáticas. É o chamado Selo Clima Paraná.

No ano passado, as boas práticas ambientais foram entregues para 46 empresas, com recorde de participação em seis anos.

Monitoramento

O monitoramento da qualidade do ar é feito por meio da medição das substâncias poluentes que estão presentes no ar, indicando o nível de poluição. O IAT elabora relatórios com índices mensais e anuais com os resultados, disponíveis no site do órgão.  

De acordo com a medição, a escala do índice da qualidade do ar pode ter reconhecimento bom, regular, inadequado, ruim ou péssimo. “Quando atingimos o índice bom, como atualmente, significa que a qualidade do ar está satisfatória e que oferece pouco ou nenhum risco à saúde da população”, afirmou o gerente de Monitoramento e Fiscalização do IAT, Álvaro Cesar de Góes.

Atualmente, são seis estações de monitoramento do ar na Região Metropolitana de Curitiba (RMC) e cinco no Interior do Estado, nos municípios de Ponta Grossa, Paranaguá, Londrina, Maringá e Cascavel. Juntas, elas formam a Rede Estadual de Monitoramento da Qualidade do Ar.

Poluentes

Poluente é toda e qualquer substância presente no ar que pode causar problemas de saúde, prejudicar o bem-estar público e ser danoso à fauna e à flora. A geração de poluição acontece por atividades das industriais, usinas termoelétricas e também, por veículos automotores, trens, aviões e embarcações marítimas.

Colaboração AEN