Enquanto economia se recupera, Parlamento da China deve discutir armadilhas de longo prazo

Por Kevin Yao

PEQUIM (Reuters) – A sessão anual do Parlamento da China traçará um rumo para a recuperação econômica e revelará um plano de cinco anos para evitar a estagnação, à medida que a rivalidade estratégica com os Estados Unidos estimula uma mudança na dependência de consumo e produção doméstica tecnologia.

O Congresso Nacional do Povo da China abre na sexta-feira, quando o premiê Li Keqiang entregará o relatório de trabalho de 2021, que pelo segundo ano consecutivo não deve incluir uma meta explícita de crescimento econômico, disseram fontes, devido às interrupções causadas pela pandemia.

No mesmo dia, a China também divulgará seu 14º plano quinquenal, um plano para 2021-2025 que prevê reformas aceleradas para liberar novos motores de crescimento e tornar a economia mais inovadora. Fontes disseram que uma meta do plano será atingir um crescimento econômico médio em torno de 5%.

Como as tensões entre Pequim e Washington aumentaram, as proibições dos EUA ao fornecimento de semicondutores para a fabricante de equipamentos de telecomunicações Huawei expuseram a dependência da China por tecnologia importada.

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH210OV-VIEWIMAGE