Estudantes de escolas públicas apresentam ópera em homenagem a Caymmi

“Ô canoeiro, bota rede no mar. Cerca o peixe. Bate o remo. Puxa corda. Colhe a rede. Ô canoeiro, puxa rede do mar”. É com essa rima acelerada da música Canoeiro, de Dorival Caymmi, que começa o espetáculo Ópera Caymmar, que será apresentado amanhã (29), no Teatro da Caixa Nelson Rodrigues, no centro do Rio de Janeiro.

A interpretação é da Orquestra Sinfônica Juvenil de Duque de Caxias, formada por estudantes de escolas públicas do Rio. O espetáculo será também transmitido ao vivo no Youtube e no Facebook

A Ópera Caymmar é um musical inédito, com obras de Dorival Caymmi, inspirada nos personagens que povoam as canções do renomado cantor, compositor e pintor. A história é cheia de conflitos e paixões e se passa na Vila de Caymmar, onde a pescadora Jana e o irmão, o empresário Gusmão, precisam resolver as diferenças, depois da trágica morte dos pais. A direção é de Jay Vaquer e o texto de Ana Gabriela Dickstein.

O espetáculo é resultado do projeto Geração de Sons, trabalho educacional de formação musical voltado para estudantes de escolas públicas do Instituto Brasileiro de Música e Educação (IBME).

“A gente passou dois anos muito desafiadores [de pandemia] e queria trazer uma reflexão sobre a nossa vida, sobre a alegria de viver, e estamos trazendo a rede. O Caymmi traz do fundo do mar suas memórias, suas lembranças. E queremos trazer isso, memórias afetivas, de alegria, de arte, de cultura da nossa diversidade. É um musical de rede e de tudo vamos trazer na rede, coisas boas lá do fundo da alma”, diz a idealizadora do musical e diretora da orquestra, Moana Maia.

Dorival Caymmi nasceu em Salvador, em 1914, e tornou-se uma das principais figuras da música popular brasileira. Morreu em 2008, no Rio de Janeiro. Para escrever o espetáculo, Ana Gabriela mergulhou na obra do artista. “Ele tem uma trajetória bastante diversificada e muito interessante, porque teve passagem por várias cidades brasileiras. Tem uma relação muito profunda com o Brasil e, ao mesmo tempo, levou e elevou o nome do país internacionalmente. Tem uma trajetória riquíssima e um repertório enorme, muito variado, que vai muito além das canções praieiras”, diz.

Fazem parte do repertório músicas como Samba da minha terra, Marina, Suíte dos Pescadores e Maracangalha. O cantor e compositor Danilo Caymmi, filho de Dorival, participará do espetáculo.

“Isso é uma oportunidade maravilhosa de aproximar os jovens dessa música, e eles estão curtindo muito”, afirma Moana. Apesar do desafio de executar as obras, que são complexas, ela conta que os estudantes estão se divertindo. “Eu estive nos ensaios e vi os meninos se divertindo muito. Termina a música e eles riem, gargalham, é um clima de brincadeira. Acho que as pessoas vão ver isso amanhã. Eu me diverti muito”.  

A Ópera Caymmar será apresentada nesta quinta-feira às 19h, no Teatro da Caixa. Os ingressos custam R$2. A apresentação conta com os atores e cantores Fabiano Leandro, Ju Marins, Yasmin Tozzi e Fernando Leão; com participação especial de Danilo Caymmi. As músicas são interpretadas pela Orquestra Sinfônica Juvenil de Duque de Caxias, com regência de Vinícius Louzada. O patrocínio é da Caixa.

Informações Agência Brasil