Filho mata o pai com golpes de marreta após briga em família; jovem esperou a PM ao lado do corpo

O jovem estava em casa, quando o pai chegou embriagado e passou a acusar o próprio filho de roubo

Um crime brutal chocou os moradores da pequena cidade de Munhoz de Mello, no norte do Paraná. Um jovem, de 21 anos, acertou marretadas na cabeça do próprio pai após um desentendimento, na noite desta terça-feira (2). Carlos Daniel Freschi permaneceu ao lado do corpo de Ademir Rodrigues Freschi, à espera da polícia.

Segundo a Polícia Militar (PM), o jovem estava em casa, quando o pai chegou embriagado e passou a acusar o próprio filho de roubo alegando que ele havia sumido com sua carteira. Posteriormente, Ademir começou a agredir o filho, que pegou uma marreta e desferiu golpes contra o pai.

Apesar do rápido atendimento por parte dos socorristas, Ademir Freschi teve lesões graves no crânio e não resistiu aos ferimentos ainda no local. Ainda conforme a polícia, o jovem estava aguardando a chegada de uma viatura no local.

Carlos Daniel foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Santa Fé, que fica a cargo das investigações.

Veja mais detalhes do caso na reportagem completa do Maringá Urgente desta quarta-feira (03):