França anuncia suspensão do regime de emergência sanitária por covid

Autoridades franceses anunciaram a suspensão do regime de emergência sanitária pela covid-19. A medida, que deve entrar em vigor a partir do dia 1º de agosto, impede a determinação de novos períodos de confinamento, toque de recolher, uso obrigatório de máscara ou apresentação do chamado passaporte sanitário.

“Aprovação final no Senado do texto que põe fim a regimes emergenciais de saúde. Graças ao trabalho e espírito de responsabilidade dos parlamentares a quem saúdo, e ao meu método baseado no diálogo e no compromisso, continuaremos a proteger os franceses contra o vírus”, disse o ministro da Saúde, François Braun.

De acordo com a medida, o governo ainda pode exigir o resultado de teste de covid para viajantes maiores de 12 anos que desejam ingressar na França, caso sejam procedentes de países com alta disseminação de variantes. A exigência poderá ficar em vigor até o dia 30 de junho de 2023, enquanto o monitoramento de infectados será feito até o fim de janeiro.

A França vem se recuperando de um pico de covid-19 em abril, quando cerca de 158 mil infecções foram relatadas por dia. Nas últimas 24 horas, por exemplo, o país registrou 79 mil novos casos da doença, calculando média móvel de 64 mil em sete dias. Em relação aos óbitos, a média móvel em uma semana é contabilizada em 98.

Informações SBT News