Gerdau tem lucro acima do esperado no 4º tri, eleva previsão de investimento em 2021

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) – A Gerdau teve lucro líquido de 1,057 bilhão de reais nos últimos três meses de 2020, um salto de 939% em relação ao mesmo período do ano anterior, superando as expectativas de analistas, e elevou previsão de investimentos para 2021 em meio a desempenho positivo de geração de caixa.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado cresceu 169% ano a ano, para 3,056 bilhões de reais, melhor resultado para um quarto trimestre na história da companhia. A margem Ebitda ajustada subiu para 22,4%, de 11,9% um ano antes.

Projeções compiladas pela Refinitiv apontavam lucro líquido de 851,41 milhões de reais e Ebitda de 1,981 bilhão de reais para o período.

Em termos ajustados, segundo os dados divulgados nesta quarta-feira, o lucro líquido ficou em 1,2 bilhão de reais, ante 61 milhões de reais um ano antes, performance que acompanhou a melhora verificada nos resultados de rivais.

Na segunda-feira, a CSN reportou lucro de 3,9 bilhões de reais no último trimestre de 2020, com Ebitda ajustado triplicando e a margem quase dobrando a 47%, por preços maiores de aço e minério de ferro e vendas maiores.

A Usiminas, que divulgou seus números mais cedo no mês, alcançou lucro de 1,9 bilhão de reais, mais do que triplicando o Ebitda ajustado, com a margem saltando para 29%.

No quarto trimestre, a Gerdau produziu 14% mais aço e vendeu 5% mais em relação ao mesmo período do ano anterior. A receita cresceu 43%, enquanto o custo das vendas subiu 24% e as despesas com vendas, gerais e administrativas avançaram 37%.

“A receita líquida foi influenciada, principalmente, pela depreciação do real de 31% nos últimos doze meses, com impacto positivo especialmente pela conversão das receitas das nossas operações na América do Norte”, disse a Gerdau.

“Soma-se a isso a recomposição de margens, em razão do aumento dos custos com matéria-prima, com o objetivo de manter a rentabilidade”, acrescentou.

Com o desempenho do período, a alavancagem da companhia caiu de 2,07 vezes no final de setembro para 1,25 vezes no fim de dezembro, abaixo também do nível de 1,67 vez do final de 2019.

O resultado financeiro negativo, porém, cresceu 207% no quarto trimestre em relação ao mesmo período do ano anterior, para 834 milhões de reais, com a empresa citando variação cambial e despesa com recompra de títulos da dívida.

O fluxo de caixa livre ficou positivo em 2,4 bilhões de reais no último trimestre do ano passado, totalizando 4,5 bilhões de reais em todo o ano de 2020.

A Gerdau revisou previsão de investimentos para o ano de 2021, que passou de 2,6 bilhões para 3,5 bilhões de reais, elevando, assim, o plano de desembolso para o período de 2019 a 2021 para 6,9 bilhões de reais.

A companhia citou o “desempenho bastante favorável” na geração de fluxo de caixa livre para justificar a revisão do seu plano de investimentos para 2021, “realocando os desembolsos postergados no ano 2020 (em razão da Covid-19) para o ano 2021”.

Em 2020, o desembolso de capex representou investimentos da ordem de 1,6 bilhão de reais.

UNIDADES

A produção de aço bruto da Gerdau no Brasil subiu 9% na comparação com o quarto trimestre do ano anterior, atingindo 1,565 milhão de toneladas.

As vendas no mercado interno cresceram 22% na comparação anual, enquanto as exportações tiveram retração de 61%. As vendas de aços longos e de planos recuaram 5% cada na base ano a ano, pressionadas pelo desempenho dos embarques ao exterior;

O desempenho no Brasil fez o Ebitda ajustado da unidade saltar 232% na comparação anual enquanto a margem avançou de 13,3% para 30,9%.

Na América do Norte, o Ebitda cresceu 113%, com margem apresentando acréscimo para 11,2%. Na América do Sul, que exclui Brasil e inclui países como Argentina, Peru, Uruguai e Venezuela, o Ebitda subiu 148%, com a margem avançando a 34,2%.

A divisão de aços especiais, que tem entre os principais clientes a indústria automotiva, registrou alta de 172% do Ebitda, enquanto a margem subiu para de 8,2% para 15,1% entre o quarto trimestre de 2019 e os últimos três meses de 2020.

A Gerdau realiza teleconferência sobre o resultado a partir das 14h (horário de Brasília).

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH1N16L-VIEWIMAGE