GM promove layoff no interior de SP por falta de peças, diz sindicato

SÃO PAULO (Reuters) – A General Motors anunciou a trabalhadores nesta segunda-feira plano para layoff de 600 funcionários de sua fábrica em São José dos Campos (SP), citando falta de peças para produção, afirmou o sindicato local.

Segundo o sindicato de metalúrgicos de São José dos Campos, o período da suspensão dos contratos de trabalho vai de 8 de março a 2 de maio. Atualmente, 368 trabalhadores da fábrica já estão em layoff, com retorno no dia 8 de abril, afirmou a entidade em comunicado à imprensa.

A montadora emprega cerca de 3.500 funcionários na fábrica, afirmou a entidade.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH2022P-VIEWIMAGE