Governador de Alagoas, Paulo Dantas é alvo da Polícia Federal

A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (11), mais uma etapa da operação Edema. As ações ocorrem em segredo de justiça. Os policiais federais cumprem mandados na Assembleia Legislativa de Alagoas e no Palácio República dos Palmares, sede do governo, em Maceió. Estão sendo cumpridos 31 mandados de busca e apreensão.

Entre os alvos, está o governador do estado, Paulo Dantas (MDB), que é candidato à reeleição. O Superior Tribunal de Justiça determinou o afastamento dele do cargo. Dantas é investigado por causa de um suposto esquema de desvio de dinheiro do gabinete referente à época em que ele era deputado estadual. O afastamento é por 180 dias.

Paulo Dantas está em um hotel em São Paulo. A Polícia Federal cumpriu os mandados e apreendeu o celular dele, além de vasculhar as bagagens de Dantas. O esquema está sendo investigado desde 2019. Entre os crimes apurados estão peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

O SBT News tentou contato com a assessoria de Paulo Dantas. O espaço segue aberto para manifestação.

Dantas foi eleito governador em maio para um mandato tampão após a saída de Renan Filho (MDB) para concorrer ao Senado.

A Polícia Federal informou que “conforme a decisão judicial, a partir de hoje, os investigados estão impedidos de manter contato entre si e de frequentar os órgãos públicos envolvidos na investigação. As medidas cautelares incluem ordem de sequestro de bens e valores que chegam a R$ 54 milhões. Dezenas de imóveis foram objetos de constrição”.

O órgão explicou ainda que “a necessidade e a urgência das medidas cautelares cumpridas na manhã de hoje — que incluem busca e apreensão, sequestro de bens, afastamentos de função pública, dentre outras medidas — foram amplamente demonstradas nos autos da investigação policial e corroborada pelo Ministério Público Federal, o que subsidiou a decisão judicial”.

E finalizou informando que ainda nesta terça-feira (11) o vice-governador será comunicado a respeito da ordem judicial de afastamento do governador do cargo.

Informações SBT News