Grupo promove festa em lanchas com som alto e aglomeração em Porto Rico

Uma equipe de fiscalização da prefeitura retornou ao local e deve intensificar a vistoria para impedir o acesso de turistas

Os vídeos que circulam pelas redes sociais mostram jovens curtindo a madrugada de sexta-feira (2) com muita música, bebida alcoólica e aglomeração em lanchas atracadas na região turística de Porto Rico, no Paraná. As imagens geraram revolta.

Em meio a pandemia, os frequentadores aproveitaram que as prefeituras de Porto Rico, Marilena e São Pedro do Paraná fecharam os acessos às prainhas e deixaram as lanchas dentro do Rio Paraná, o que não gera multa e nem fiscalização aos proprietários.

No período da manhã, uma equipe de fiscalização da prefeitura retornou ao local e promete intensificar a vistoria para impedir o acesso de turistas e jovens, que queiram fazer aglomerações ou eventos na região.

Região conhecida

Em setembro de 2020, no auge na pandemia no país, fiscais da Prefeitura de Porto Rico foram acionados depois que centenas de jovens se reuniram para aproveitar o fim de semana de sol com música e bebida, no Rio Paraná.

Na época, o município com pouco mais 2 mil habitantes recebeu quase 18 mil turistas no feriado de Independência.

Diante do cenário, o Ministério Público do Paraná (MP-PR) orientou que a prefeitura do município tomasse providências. De fato, o acesso à rampa náutica foi interditado por um momento, porém acabou sendo liberado dias depois.

(Foto: Arquivo)

Casos de Covid-19

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta quinta-feira (01) mais 5.234 novos casos e 224 mortes pela Covid-19 no Paraná. Os dados acumulados do monitoramento mostram que o Estado soma 845.962 diagnósticos e 16.824 óbitos desde o início da pandemia.