Homem é executado com tiros na cabeça e detalhe na cena do crime intriga polícia

A Divisão de Homicídios de Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o assassinato

A região do bairro Parolin, conhecida pelo intenso movimento de tráfico de drogas, foi palco de um assassinato registrado no começo da noite desta quarta-feira (31), na Rua Vila Guaíra esquina com a Chanceler Lauro Müler, em Curitiba. Um homem, que não teve a identidade revelada, foi atingido com disparos na cabeça por possíveis ocupantes de um carro.

Policiais militares foi acionados por volta das 18h e os moradores da região indicaram os supostos atiradores como sendo os passageiros de um veículo prata, possivelmente um Peugeot, que deixou a região em alta velocidade. “Pelo relato das possíveis testemunhas, foi um veículo na cor prata, mas não se tem nenhuma certeza dos autores”, disse o tenente Soster da PM.

Um detalhe curioso, que chamou a atenção até da polícia, é que os estojos deflagrados foram recolhidos do local. Ainda não foi possível apurar se os atiradores retiraram as cápsulas ou se os moradores da região, que imperam a lei do silêncio, mexeram na cena do crime.

A Divisão de Homicídios de Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o assassinato. O corpo do homem foi recolhido ao Instituto Médico-Legal (IML) de Curitiba.