Homem que se passava por recrutador para estuprar é preso

Um homem suspeito de estuprar duas mulheres na zona leste de São Paulo (SP) foi preso pela polícia em Campinas (SP). As vítimas iam até o endereço passado pelo falso recrutador pensando se tratar de uma entrevista de emprego.

As vítimas, que caiam no golpe através de anúncios na internet, chegavam ao local combinado e eram obrigadas a manter relações sexuais com o abusador, que as ameaçava com um canivete. Após um dos episódios, o criminoso furtou o celular de uma das vítimas.

Os agentes chegaram ao estuprador através do monitoramento do aparelho roubado. Na primeira abordagem, em uma casa alugada na zona leste da capital paulista, o homem conseguiu fugir antes da chegada dos agentes. Em uma segunda tentativa em um endereço em Campinas, ele foi preso. O homem alugava imóveis temporariamente para escapar da polícia.

O criminoso, que já tem passagem pela polícia por estelionato, assumiu que roubou o celular, mas negou os abusos. A polícia investiga pelo menos outros dez casos de estupro e pede para que vítimas que reconheçam o abusador, procurem a delegacia.

Informações SBT News