Homem suspeito de matar cachorro a tiros e jogar corpo em matagal é preso pela GM

Ele relatou que o animal mordeu as galinhas dele, que são criadas na propriedade

Depois que um cão da raça Shih-tzu foi morto a tiros por um homem, de 46 anos, a Guarda Municipal de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, efetuou a prisão do suspeito nesta sexta-feira (16) após comoção nas redes sociais.

A dona do cachorrinho, que fez uma publicação, acionou os agentes pedindo ajuda para encontrar o homem, que estava em casa, nas proximidades da Alameda Bom Pastor, no bairro Guatupê. Com ele, a GM localizou munições e uma espingarda escondida em uma marcenaria nas proximidades.

O homem confessou ter matado o cão e jogado o corpo no meio do mato, amarrado em uma sacola. Ele relatou que o animal mordeu as galinhas dele, que são criadas na propriedade.

Preso em flagrante, o suspeito foi encaminhado à Delegacia de São José dos Pinhais onde foi autuado pelo crime de maus-tratos. Ele deve permanecer preso à disposição da Justiça.

(Foto: Reprodução/Rede Massa)