Hospital de Retaguarda vai utilizar equipamentos de clínicas veterinárias em pacientes internados com COVID-19

O colapso total do sistema de saúde bateu à porta, mais uma vez, do hospital de retaguarda neste domingo em Cascavel

A direção do hospital chegou a pedir autorização para a secretaria municipal de saúde para a utilização e a requisição de respiradores utilizados em hospitais veterinários para atendimento humano. Além desses equipamentos, foram solicitadas ainda bombas de infusão que auxiliam na dosagem de medicamentos aos pacientes.

Segundo a SESAU, os respiradores não devem ser usados e ainda há a possibilidade de fazer remanejamentos entre uma unidade e outa de atendimento, como as UPAs, hospital universitário e o próprio hospital regional. Já as bombas de infusão dos hospitais e clínicas veterinárias poderão sim ser utilizadas, diante da escassez deste produto no mercado e da extrema demanda por eles. O HR está com todos os 20 leitos de UTI COVID-19 ocupados.

Veja mais detalhes sobre este caso na reportagem completa do Tribuna da Massa Foz do Iguaçu desta segunda-feira (01):