Ibrahimovic diz não se impressionar com ativismo político de LeBron James

(Reuters) – Zlatan Ibrahimovic, atacante do Milan, disse que esportistas como o jogador de basquete LeBron James, do Los Angeles Lakers, deveriam parar de se meter com a política.

LeBron, tetracampeão da NBA que Ibrahimovic descreveu como um jogador de basquete fenomenal, é uma das principais vozes da liga contra a injustiça racial e a brutalidade policial nos Estados Unidos.

Crítico frequente do ex-presidente Donald Trump, LeBron também ajudou a formar um grupo dedicado a combater os obstáculos à votação em comunidades predominantemente negras na eleição presidencial norte-americana ano passado.

“Gosto muito dele. Ele é fenomenal, mas não gosto quando as pessoas que têm status falam de política. Faça o que você faz bem”, disse Ibrahimovic à Uefa e ao canal Discovery+ na Suécia.

“Jogo futebol porque sou o melhor jogando futebol, não sou político. Se fosse político, estaria fazendo política.”

“Este é o primeiro erro que pessoas famosas cometem quando se tornam famosas. Para mim, é melhor evitar certos tópicos e fazer o que você é bom fazendo, senão arrisca fazer algo errado”, disse.

Em 2018, o ativismo de longa data de LeBron em questões de justiça racial e suas críticas a Trump levaram Laura Ingraham, comentarista da Fox News, a dizer a ele e ao colega negro de NBA Kevin Durant para “calarem a boca e driblarem”.

(Por Arvind Sriram em Bengaluru)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH1P12G-VIEWIMAGE