Jovem é morta a facadas por ex-namorado que não aceitava o fim do relacionamento em Paranaguá

O suspeito foi preso em flagrante.

Um crime de feminicídio foi registado no final da noite desta quinta-feira (4), em Paranaguá, no Litoral do Paraná. Karine Lourenço, de 19 anos, foi esfaqueada pelo ex-comapanheiro que, segundo a polícia, não aceitava o fim do namoro. Ele foi preso em flagrante.

As investigações apontam que a vítima já vinha sofrendo ameaças durante o namoro. “Ele já possuí um histórico de violência doméstica. Infelizmente, próximo do dia internacional da mulher, ele vitimou sua companheira, não aceitava a intenção dela em romper o relacionamento”, disse o delegado, Nilson Diniz.

(Foto: Reprodução/Facebook)

Ainda conforme a polícia, o suspeito já consta com uma extensa ficha criminal. “Ele já praticou outros crimes, como por exemplo: roubo, era envolvido com o tráfico, ou seja, ostenta uma periculosidade acentuada”, afirmou Diniz.

Um cerco policial foi montado por volta das 22h numa região de mata, onde o suspeito estaria escondido. Keldison Wualan, de 25 anos, confessou o crime durante a prisão, mas na delegacia preferiu permanecer em silêncio.

A Polícia Civil investiga o caso.