Justiça do Paraguai encaminha suspeito de integrar facção criminosa para a sede da PF

A prisão aconteceu graças ao comando tripartite um termo de cooperação entre as forças de segurança na tríplice fronteira

A extradição foi na Aduana da Pia, Douglas Ricardo Gobbo de 30 foi levado escoltado pela polícia paraguaia e entregue a federal. Ele é foragido da justiça brasileira e estava sendo procurado há anos. Douglas está com um mando de prisão em aberto pelo crime de homicídio e já tem antessentes criminais por furto e coação de menores.

Logo depois de ser pego em Cidade do Leste no Paraguai o criminoso foi levado direto para a delegacia. Em seguida foi levado até o setor de migração da Paraguai, onde foi constatado que não tinha nenhum registro de entrada no país. Douglas foi encaminhado para a sede da Polícia Federal em Foz.