Livros clássicos são os mais baixados em plataforma de leitura

Com 147 downloads, a Divina Comédia, de Dante Alighieri, é o primeiro livro dos dez mais baixados na ferramenta virtual Curitiba Lê Digital. A plataforma gratuita faz parte do programa Curitiba Lê, desenvolvido pela Fundação Cultural (FCC) para incentivar a leitura.

Curitiba Lê Digital foi lançado há nove meses e pode ser acessado pelo Curitiba App. Ele conta com 229 títulos de obras em domínio público que podem ser baixadas. Há também dez obras de autores locais contemporâneos para leitura direta. Estas obras, de autores, como Helena Kolody, Cristóvão Tezza e Márcio Renato dos Santos, estão na Estante Curitiba e tiveram 3.798 acessos.

Das obras do acervo, 209 já foram procuradas pelos leitores e registraram, até a penúltima semana de fevereiro, 3.145 downloads únicos. O resultado equivale a quase 10% do movimento de empréstimos físicos registrados em 2019 nas Casas da Leitura, rede de 17 bibliotecas municipais que reúnem somente títulos de literatura e arte.

Segundo a coordenadora de Literatura da FCC, Mariane Torres, o resultado é positivo. “Continuamos fazendo ajustes no sistema, que foi implantado praticamente no início da pandemia do novo coronavírus, para comodidade e segurança dos leitores. Em vez de buscar livros físicos, o público pode tê-los na palma da mão”, observa.

Os mais baixados

Entre as obras do acervo, Dom Casmurro, de Machado de Assis, foi o mais procurado dos autores nacionais. Ela aparece na quinta posição, com 53 downloads. Ao todo, a plataforma conta com 17 obras de Machado de Assis.

Na lista dos mais acessados também se encontram os brasileiros: A Menina do Narizinho Arrebitado, de Monteiro Lobato, com 46 downloads; e Os Sertões, de Euclides da Cunha, em décimo lugar, com 45 downloads.

Também tiveram procura alguns clássicos da literatura estrangeira, como A Metamorfose, de Kafka; e Dom Quixote, de Miguel de Cervantes.

Os primeiros meses de implantação do aplicativo Curitiba Lê Digital também mostram que os gêneros contos e romances foram os preferidos dos leitores, com 1.388 downloads. Em seguida estão a poesia, literatura infantojuvenil, história, filosofia e, por último, ensaios e crônicas, com 98 downloads.

Além de clássicos da literatura universal, o aplicativo também disponibiliza volumes de História Geral da África.

Colaboração Prefeitura de Curitiba