​Paranaenses podem sugerir ações para a Semana do Meio Ambiente

Os paranaenses podem participar das atividades da Semana do Meio Ambiente, contribuindo com sugestões de ações e exemplos de boas iniciativas na área. A ação foi formulada pelo Governo do Paraná, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo.

A participação acontece via formulário online, disponível pela secretaria. A proposta é que sejam elencadas iniciativas que são realizadas e sugestões de ações que podem acontecer nos municípios. As ideias devem ser enviadas até o dia 7 de maio. Elas serão avaliadas e podem aparecer nas redes sociais entre os dias 31 de maio e 05 de junho.

A ação pode ser individual ou em grupo, envolvendo questões, como resíduos sólidos, água, flora, fauna, energia limpa, limpeza de áreas, ou até mesmo mudanças climáticas e educação ambiental. De acordo com o secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, as políticas públicas para a pasta no Paraná são direcionadas para o equilíbrio entre o desenvolvimento e geração de emprego e o cuidado e recuperação do meio ambiente.

“O meio ambiente é tudo o que versa sobre a vida na terra, um setor amplo onde muita coisa é importante. Porém, quatro ações são fundamentais: educação ambiental, fiscalização, preservação e recuperação da flora e da fauna”, disse.

Como participar

Os interessados podem preencher as informações via formulário.

É possível anexar documentos, fotos e vídeos com as iniciativas e sugestões. Os vídeos devem ser gravados na horizontal e ter, no máximo, um minuto de duração. Dúvidas podem ser enviadas ao e-mail: comunicacao@sedest.pr.gov.br.

Ação que é exemplo

Um exemplo de ação inspiradora é a do Diego Saldanha, morador de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. Há cinco anos, o desejo de preservar o Rio Atuba, local de brincadeiras da infância, o levou a criar as Ecobarreiras.

São galões de 50 litros enfileirados, envolvidos em uma rede de proteção com o objetivo de reter todo o lixo que flutua pelo rio. O material é retirado três vezes por semana e encaminhado para a reciclagem.

A estimativa é que quase 10 toneladas já tenham sido recolhidas no Rio Atuba. Além disso, Diego conta que promove a conscientização ambiental de quem mora no local, com palestras para estudantes.

“Além de ir até as escolas, os estudantes fazem visitas até o rio para ver como é o trabalho. Com pouco recurso, estou conseguindo transformar um bairro e levar educação ambiental para crianças e a comunidade”, afirmou. “Assim como o poder público tem a sua obrigação, nós, cidadãos, também temos a responsabilidade de cuidar do meio ambiente ao nosso redor”, completou.

O Rio Atuba se junta ao Rio Iraí e forma o Iguaçu, maior rio do Paraná. O rio forma as Cataratas do Iguaçu, atração eleita como uma das sete Maravilhas do Mundo, em 2012, e reconhecida pela Unesco como Patrimônio Mundial Natural, em 1986.

Semana do Meio Ambiente

A comemoração acontece mundialmente na primeira semana de junho. O objetivo é conscientizar as pessoas e organizações sobre a  necessidade crescente de cuidar do meio ambiente.

A data foi estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1972, na Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente, que ocorreu em Estocolmo, Suécia. No Brasil, o dia foi estabelecido em 1981, pelo Decreto nº 86.028.

Segundo o diretor de Políticas Ambientais da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Rafael Andreguetto, a participação da sociedade é também uma possibilidade de cada indivíduo ter a percepção de sua responsabilidade e de se tornar um agente de mudança, apoiando formas de desenvolvimento justo e sustentável.

Informações da Agência Estadual de Notícias