Mulher é encontrada morta enterrada em cova rasa em Fazenda Rio Grande

Uma denúncia anônima levou policias militares até uma região de mata, onde uma mulher de 48 anos foi morta e teve o corpo parcialmente enterrado, no município de Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba. Foi na manhã deste sábado (27), no bairro Gralha Azul.

Moradores da região relataram à polícia que tiros foram disparados no final da madrugada e dois homens teriam arrastado o corpo de uma pessoa dentro para um terreno baldio. A vítima, que não apresentava marcas visíveis de tiros, estava bem vestida e tinha um sangramento na boca indicando que pode ter sido agredida antes de ser assassinada.

Conforme a Polícia Civil, o crime brutal pode ter sido consequência das drogas, já que é uma região tomada pelo tráfico. “Evidentemente é uma cobrança do mundo das drogas, é mais uma vítima disso”, disse o investigador Vanderlei Caixão, da Delegacia de Fazenda Rio Grande. Imagens de câmeras de segurança da região serão analisadas para tentar identificar os suspeitos.

O corpo foi recolhido ao Instituto Médico-Legal (IML) de Curitiba. A mulher foi identificada como sendo Sandra Maria Pinheiro dos Santos. Familiares devem prestar depoimento à polícia nas próximas horas para colaborar com as investigações.

Comoção

Nas redes sociais, familiares e amigos prestaram adeus à vítima e lamentaram a morte brutal. “Você era tão linda, eu tô sentindo uma dor que tomou conta da minha alma, oh minha irmã como vai ser agora a vida sem vc. Descanse em paz.”, disse a irmã de Sandra Maria em uma publicação no Facebook.

(Foto: Reprodução/Facebook)