25% dos brasileiros têm alta intolerância política, indica pesquisa

Pesquisa do Instituto Locomotiva revela que 25% dos brasileiros têm alto grau de intolerância política. E quanto mais extrema a ideologia do entrevistado – à esquerda ou direita –  maior é a dificuldade de comunicação e respeito ao pensamento diferente. O levantamento aponta que 32% das pessoas nos dois extremos ideológicos são altamente intolerantes politicamente. 

Para chegar a essa conclusão, o estudo fez perguntas de teor radical aos entrevistados. Indagou, por exemplo, se o país seria melhor se os adversários políticos fossem presos. E se o resultado da eleição não deveria ser aceito, se o candidato vencedor foi de ideologia diferente da sua. 

O presidente do Instituto Locomotiva, Renato Meirelles, ressalta que o dado sobre os extremos é muito importante “porque mostra que a intolerância não tem ideologia e faz mal para a democracia”. E complementa: “isso não tem a ver com esquerda ou direita, tem a ver com barbárie”, afirmou em entrevista ao SBT News. 

Meireles ressaltou, porém, que a maioria da população brasileira é tolerante, e isso é positivo, o problema é que essas pessoas estão sendo caladas pela minoria. 

“Os tolerantes são maioria, mas estão sendo oprimidos. Os intolerantes não mudam de opinião e falam mais sobre política”, observou o presidente do Instituto Locomotiva, Renato Meirelles. 

O levantamento constata que sete em cada 10 pessoas com opiniões políticas diferentes em geral não dialogam bem no país.  
 
O Instituto Locomotiva fez 1.960 entrevistas, em 120 cidades, dos dias 24 e 27 de fevereiro de 2022. Ouviu homens e mulheres acima de 18 anos. A margem de erro é de 2.2 pp.

Informações de SBT News