Após 3 meses em coma, mulher acorda e descobre que noivo a abandonou por outra

A australiana Brie Duval, 25 anos, sofreu um acidente no Canadá e ficou em estado de coma por 3 meses. Após acordar, ela descobriu que noivo, no qual tinha um relacionamento de quatro anos, a deixou para morar com outra mulher. A história foi compartilhada nas redes sociais.

O acidente aconteceu durante agosto de 2020, quando Brie se divertia com os amigos, bebendo, em um edifício de estacionamento que estava em obras.

Brie não reparou que no local uma das pontas da construção não estava pronta, ela pisou em falso e caiu de cabeça no meio de uma rua nos arredores do prédio. Com a queda, ela sofreu uma lesão cerebral traunática e teve vários ossos quebrados. Brie foi resgatada e levada para o Hospital da Universidade de Alberta.

Por três meses, a jovem australiana não pude conversar e nem abriu os olhos. Os médicos já tinham dado 10% de chance de sobrevivência e os pais já estavam informados sobre o pior cenário.

Os pais não desligaram os equipamentos, mantendo a esperança. “Minha mãe e meu pai foram ao governo e pediram permissão especial para se despedir de mim, pois as coisas estavam ruins naquele momento. Eles recusaram, não lhes deram uma chance e não lhes deram uma razão, simplesmente disse não”.

O acidente aconteceu em 2020, durante a pandemia do coronavírus, com isso, os seus pais que ainda estavam na Austrália não conseguiram se deslocar para o Canadá para visitá-la no hospital, devido a restrição de saída do país imposta pelo governo, por conta do alto número de casos de covid-19.

Melhor amiga

Apenas a sua melhor amiga esteve ao lado dela e fazia visitas ao hospital durante o seu tempo de internação, segundo relatos de Brie ao jornal britânico “The Mirror“.

“Sandy costumava vir me visitar todos os dias enquanto morava na cidade, ela se certificava de que eu tinha tudo o que precisava, pois não tinha minha mãe de verdade comigo. Ela ficava por horas, jogava jogos de tabuleiro e mantinha contato com minha mãe. Ela estava bem no meio disso”, disse a australiana.

“Por favor, não o procure”

Durante o processo de recuperação, Brie foi percebendo que estava com amnésia, logo depois de um tempo, ela teve acesso ao seu celular, ligou para o seu noivo, no qual morava junto e tinha um relacionamento de quatro anos, mas a ligação foi recusada.

A australiana insistiu e enviou uma mensagem, que foi respondida prontamente por uma mulher: “Eu estou com ele, ele se mudou e agora vive comigo e com meu filho. Por favor, não o procure.”

Brie disse ao ‘The Mirror’ que não sabia o que fazer e que ficou abalada com a situação.

Volta ao normal

Após o coma, ela ficou mais 2 meses no hospital para finalizar o processo de recuperação. Para a Brie, a sensação era de que estava a todo momento sentindo os efeitos de uma concussão. Agora, ela quer voltar à vida normal e comemora cada momento de sua cura no hospital.

“Voltando à vida normal, apenas tentando estabelecer qual é o meu novo normal – eu não conseguia engolir quando acordei, tive que tentar aprender a andar novamente, da cintura até os dedos dos pés, parecia que estava morta. Todos os meus músculos foram completamente perdidos enquanto eu estava deitada na cama”, disse.

Após a experiência com o acidente e o abandono do noivo, Brie disse que pretende voltar à Austrália para viver com seus familiares e parentes.

Informações de SBT News