Aumento do número de candidaturas de policiais pode ter efeito contrário

O Fórum Brasileiro de Segurança Pública avaliou que o aumento de candidaturas de policiais pode ter um efeito negativo e acabar reduzindo o tamanho da bancada no Congresso. Para o FBSP, há uma tendência de pulverização dos votos e, com isso, mesmo com mais candidatos o número de eleitos pode ser menor.

Ainda na avaliação do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o discurso do presidente Bolsonaro — que disputa a reeleição — incentivou os policiais “a se lançarem em maior número na política por se verem base política e ideológica natural do presidente”.

Segundo o FBSP, “o risco é que o aumento de nomes nas urnas dilua votos e, ao fim e ao cabo, provoque a redução no número de policiais eleitos. E, mesmo que consigam crescer ou ao menos manter a bancada atual, o perfil das candidaturas desses profissionais postas indica que a pauta de direitos dos trabalhadores da segurança pública será obscurecida pela agenda regressiva de costumes e direitos que deve ser colocada em prática em uma eventual segunda gestão de Jair Bolsonaro”, avalia o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Candidaturas

Levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), divulgado na 3ª feira (16. ago), mostra que o número de candidatos policiais nas eleições deste ano aumentou 27%, em comparação ao pleito de 2018. Nesse período, o quantitativo subiu de 1.469 para 1.866. Segundo a pesquisa, em média 6,6% das candidaturas de todo o país são de policiais.

Amazonas e Distrito Federal são as unidades da federação com o maior número relativo desses postulantes — 11,3% e 10,1%, respectivamente. Por sua vez, o Ceará é o estado com o menor percentual de candidatos provenientes da segurança pública — 4,3% do total.

O Partido Liberal (PL), o mesmo do presidente Jair Bolsonaro, é a legenda com a maior quantidade de candidatos policiais, com 232 nomes. Segundo a pesquisa da FBSP, partidos de direita e centro-direita somam 94,2% das candidaturas desses profissionais.

Com informações do portal SBT News.