“Batman do crime” é preso com R$ 18 mil após furtar 32 farmácias

Um homem de 48 anos foi preso em Porto Alegre (RS) após furtar 32 farmácias da mesma rede na capital gaúcha e outras cidades. O prejuízo aos proprietários se aproxima dos R$ 500 mil.

O “Batman” do crime usava uma capa preta para arrombar, invadir e furtar os estabelecimentos sem que as câmeras de monitoramento registrassem seu rosto ou outros movimentos.

O criminoso agia sempre no período da noite, furtava envelopes com dinheiro dos caixas das farmácias e os depositava em contas bancárias. No momento da prisão. ele estava com R$ 18 mil em espécie.

A região norte do estado concentrava a maioria dos furtos cometidos pelo “Batman”. A Polícia Civil investiga se os depósitos ocorriam em contas de “laranjas” ou para pessoas específicas.

Informações de SBT News