Bolsonaro deixa hospital após suspeita de obstrução

O presidente Jair Bolsonaro (PL) deixou o Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, na manhã desta terça-feira (29.mar). Ele deu entrada no início da noite desta segunda (28.mar) para realizar exames.

Segundo auxiliares, o presidente sentiu desconforto abdominal durante a tarde e, por isso, se dirigiu à unidade de saúde. O objetivo era constatar se houve nova obstrução intestinal, como a apresentada pelo presidente em janeiro deste ano, quando Bolsonaro ficou dois dias internado no Hospital Vila Nova Star, na zona sul de São Paulo, devido a uma obstrução no intestino.

Na ocasião, o médico que acompanha o presidente, Antônio Luiz Macedo, disse que o problema tinha sido provocado por um camarão não mastigado corretamente.

Em 2018, Bolsonaro recebeu uma facada durante a campanha eleitoral em Juiz de Fora (MG). Desde então, foi submetido a quatro cirurgias em decorrência do episódio.Além disso, realizou outros dois procedimentos não relacionados à facada ? uma cirurgia para retirada de cálculo na bexiga e uma vasectomia. Em julho de 2021, Bolsonaro apresentou soluços persistentes e foi internado após ser diagnosticado com obstrução intestinal.

O Palácio do Planalto ainda não informou se a agenda do presidente para esta terça-feira (29.mar) está mantida. A programação publicada prevê uma viagem até Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, para uma cerimônia alusiva a regularização fundiária.

Informações SBT News