Duas pessoas morrem em novo acidente no Lago de Furnas

Duas pessoas morreram na noite deste sábado (18), no Lago de Furnas, nas proximidades do município de Capitólio, em Minas Gerais., quando uma embarcação virou. A embarcação que naufragou estava prestando auxílio a outra que se encontrava à deriva no lago, com problemas mecânicos.

O emborcamento ocorreu no momento de embarque dos passageiros. Os mortos são uma mulher da cidade mineira de Paraguaçu e um homem de Guarulhos, São Paulo.

De acordo com a Associação Pública dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Grande (Ameg), uma lancha com 14 passageiros a bordo apresentou problemas mecânicos e pediu apoio a outra embarcação para resgatar os passageiros. O resgate foi feito por chalana com dez passageiros, mas, no momento do transbordo, a embarcação não suportou o peso e virou.

A Marinha e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados. Marinheiros tentaram reanimar as vítimas, sem sucesso. A Marinha informou que vai instaurar inquérito administrativo para apurar causas, circunstâncias e responsabilidades da ocorrência.

Este foi o segundo acidente com vítimas na região em aproximadamente seis meses. No início de janeiro, uma rocha das encostas do cânion de Capitólio desabou sobre barcos de turistas. O episódio causou a morte do piloto e de nove turistas que estavam em uma lancha fortemente atingida. Vinte e sete pessoas ficaram feridas. Segundo inquérito da Polícia Civil de Minas Gerais, a queda do bloco de rocha no lago de Furnas ocorreu como desdobramento de eventos naturais, sem influência da ação humana.