Mais dois ônibus são incendiados em Belo Horizonte; são três ataques em dois dias

Mais dois ônibus foram incendiados na madrugada deste sábado (28) em Belo Horizonte. Com isso, já são três coletivos incinerados em dois dias. A suspeita é de que os ataques estejam relacionados a reivindicações de presidiários.

De acordo com o jornal Estado de Minas, os casos desta madrugada aconteceram nas regiões norte e nordeste da capital mineira. O primeiro ônibus incendiado fazia a linha 8205 – Maria Goretti/Nova Granada e foi atacado no bairro Eymard.

Segundo informações da Polícia Militar, um homem entrou no coletivo, pagou passagem e sinalizou parada, antes de espalhar um líquido inflamável e atear fogo no veículo.

Passageiros e motorista escaparam sem ferimentos. Antes de fugir, o suspeito do ataque entregou uma carta de quatro folhas ao condutor com reivindicações de detentos.

Já o segundo atentado aconteceu em Campo Alegre, em um ônibus da linha 717 – Estação Pampulha/Campo Alegre. Nesse caso, três suspeitos entraram armados no veículo e ameaçaram o motorista antes de atear fogo no transporte coletivo.

Durante a tentativa de fuga, houve troca de tiros com policiais e dois homens foram detidos. Testemunhas indicam que o ataque seria uma represália à morte de um adolescente. Nos dois episódios, ninguém ficou ferido.

Antes desta madrugada, um outro ônibus, que fazia a linha 739, foi incendiado na sexta-feira (27), no bairro Jaqueline.

Informações do SBT News