Mercado de trabalho no Brasil atinge maior taxa de ocupação já registrada

O número de brasileiros inseridos no mercado de trabalho se aproxima dos 100 milhões, de acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Esse é o maior volume de empregados registrados na série histórica do órgão, com ajustes sazonais, com o valor atingido em junho.

Além disso, o Ipea também pontua que a taxa de desemprego caiu pela 13ª vez consecutiva, passando de 9,2% em maio para 8,9% no mês seguinte, o menor valor desde julho de 2015.

Segundo o Ipea, a população ocupada no Brasil em junho deste ano passava dos 98,7 milhões de pessoas, crescimento de 9,5% na comparação com o mesmo período do ano passado. “Após o ajuste sazonal, o contingente de 101,2 milhões de ocupados, em junho de 2022, foi 1,4% maior que o observado em maio, alcançando o novo recorde da série, iniciada em janeiro de 2012”, destaca o Instituto.

Nos resultados com ajuste sazonal, o número de brasileiros no mercado de trabalho equivale a 57% da população economicamente ativa. Na contagem sem o ajuste, a proporção sobe para 58,3%, segunda melhor marca desde fevereiro de 2014 – naquele mês, o índice atingiu 58,7%

Os dados são coletados por meio da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Continua (PNAD) e levam em conta tanto trabalhos formais, com carteira assinada, quanto pessoas que trabalham por conta própria.

Com informações da Revista Oeste.