Quadrilha especializada em tráfico de drogas internacional é alvo da polícia

A Polícia Federal realiza, na manhã desta quarta-feira (13), a operação Maritimum, que busca desarticular uma organização criminosa especializada no tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro. Segundo os agentes, o grupo atuava nos terminais portuários das regiões Nordeste e Sudeste, tendo como bases as cidades de Natal, Salvador e Santos.

Cerca de 350 policiais federais e 28 policiais do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Rio Grande do Norte (BOPE-PM/RN) cumprem 46 mandados de prisão preventiva e 90 mandados de busca e apreensão. A ação está sendo realizada nos estados do Rio Grande do Norte, São Paulo, Bahia, Pernambuco, Rio de Janeiro, Ceará e Pará.

As investigações foram iniciadas no final de 2021, após a identificação do grupo. Na data, foi constatado que a organização era responsável pelo transporte e armazenamento da droga, adquirida na fronteira do Brasil. Para realizar o envio, os suspeitos introduziam o material nas cargas de frutas e outras mercadorias com destino à Europa.

Durante o andamento do inquérito policial foram realizadas apreensões de drogas nos Portos de Santos (SP), Salvador (BA), Natal (RN), Fortaleza (CE) e Barcarena (PA). Também foram interceptadas cargas nos países europeus de destino (Bélgica, França e Países Baixos), totalizando cerca de 8 toneladas de cocaína apreendidas.

Os agentes identificaram ainda três dos maiores traficantes em atividade no Brasil, que eram os destinatários da droga no exterior, um deles preso recentemente na Hungria. Além disso, diversas pessoas físicas e empresas que foram utilizadas para lavar o dinheiro procedente do tráfico foram detectadas. No total, R$ 169,6 milhões foram bloqueados.

Os presos na operação serão encaminhados para as sedes da Polícia Federal no Rio Grande do Norte, São Paulo, Bahia, Pernambuco, Rio de Janeiro, Ceará e Pará, e responderão, na medida das suas participações, pelos crimes de integrar organização criminosa, tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro.

Informações de SBT News