Chuva destrói cidades do Maranhão; mais de 6 mil foram afetados

O Estado do Maranhão é mais um dos afetados pelas fortes chuvas. De acordo com a prefeitura, a maior cidade da região, Imperatriz, já registra mais de 820 pessoas diretamente afetadas pelo desastre natural.

A alguns quilômetros de Imperatriz, a cidade de Mirador, ao sul do Maranhão, também se encontra em situação de alagamento, sendo uma das mais afetadas pelas chuvas desta semana. Segundo informações da prefeitura, a situação local se agravou após a cheia do Rio Itapecuru, responsável por destruir pontes e ceder estradas.

As cidades de Mirador, Jatobá, Barra do Corda e Grajaú decretaram situação de emergência.

O governador Flávio Dino usou suas redes sociais para afirmar que está acompanhando os trabalhos do governo estadual e, enquanto sua saúde permitir, vai visitar as cidades atingidas. Dino foi diagnosticado com coronavírus na última segunda-feira (3).

Mais de 6 mil pessoas foram afetadas em Mirador, conforme aponta a prefeitura do Estado. A região, inclusive, se encontra em alerta laranja. O indicativo do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) atenta para preguiça com riscos de chuvas e vento intenso de até 100 km/h.

O Governo do Maranhão iniciou na última quarta-feira (5) a entrega de 3,9 mil cestas básicas aos mais afetados no interior do estado. Restaurantes Populares também estão ajudando as famílias e distribuindo refeições. Um total de 400 almoços e 400 jantares estão sendo entregues diariamente somente em Imperatriz. Outras regiões estão recebendo menor quantidade. A retirada e entrega dos alimentos fica por conta do Corpo de Bombeiros.

Informações de SBT News