Conflito na Ucrânia chega ao 16º dia e soma mais de dois milhões de refugiados

A ofensiva russa na Ucrânia chega ao 16º dia nesta sexta-feira (11), e já soma 2,5 milhões de refugiados, além de 2 milhões de pessoas deslocadas dentro do país. Segundo monitoramento da Organização das Nações Unidas (ONU), grande parte dos cidadãos seguem procurando abrigo em países fronteiriços, como Polônia, Moldávia, Hungria e Eslováquia.

Em pronunciamento na noite de ontem, o prefeito de Kiev, Vitali Klitschko, informou que mais da metade da população da capital ucraniana deixou a região. “Pelas informações que temos, um em cada dois residentes de Kiev já deixou a cidade. Kiev, no entanto, foi transformada em uma fortaleza. Cada rua, prédio e posto de controle foram fortificado”, afirmou.

As operações de evacuações continuam em andamento por meio de ônibus, trens e veículos particulares. Nesta manhã, o governo ucraniano anunciou nove corredores humanitários para servirem como travessia segura para os cidadãos. Muitos partem de regiões da Kiev, bem como Mariupol, Energodar e Bucha. Como destino, os moradores encontram Zaporizhia, Pokrovsk e Zhytomyr.

Informações de SBT News