Conrado e músico deixam a UTI quase um mês após acidente

O cantor João Vitor Moreira Soares (Conrado) e o músico Júlio Cesar Bigoli Lopes receberam alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de Registro, no interior de São Paulo, no fim da tarde desta segunda-feira (6). Eles estavam na UTI desde 7 de maio, quando o ônibus que levava a equipe da dupla Conrado & Aleksandro tombou na Rodovia Régis Bittencourt, na altura de Miracatu (SP).

O acidente que fez com que Conrado e Júlio Cesar permanecessem por quase um mês na UTI vitimou seis pessoas. O cantor Aleksandro foi um dos mortos.

Conrado e o músico Júlio Cesar, que fazia parte da banda que acompanhava a dupla sertaneja em shows, seguem internados na enfermaria do Hospital Regional de Registro. Enquanto estavam na UTI, os dois enfrentaram procedimentos cirúrgicos. Conrado, por exemplo, passou por cirurgia na bacia. Médicos realizaram operações na perna e nas costas de Júlio Cesar.

“Pedimos a todos que continuem em corrente de oração.”

“Hoje nossos guerreiros deram mais um passo importante na recuperação”, comemorou a Singular Produções, empresa responsável pela gestão da carreira de Conrado & Aleksandro, em mensagem divulgada no Instagram. “Pedimos a todos que continuem em corrente de oração para que em breve ambos possam se recuperar em casa.”

A notícia de que os dois artistas deixaram a UTI é confirmada dois dias após a divulgação de um laudo sobre o acidente fatal do último mês. Na edição do último sábado (4), o SBT Brasil informou que dois pneus do ônibus apresentavam sinais de explosão, que poderiam ter sido provocados por um obstáculo na pista, como “buraco, pedra ou objeto grande”.

Informações de SBT News