Corredor brasileiro morre em prova de resistência nos Alpes Franceses

(Reuters) – Um corredor brasileiro morreu enquanto competia em uma prova de ultra resistência nos Alpes Franceses, disseram os organizadores do Ultra-Trail du Mont-Blanc (UTMB) nesta terça-feira.

O atleta, que não foi identificado, se envolveu em um acidente próximo ao Refúgio de Plan Glacier enquanto competia no evento Petite Trotte a Leon (PTL).

“O corredor estava com sua equipe em uma trilha oficial, que é mantida pelo PTL e marcada ao longo do ano, entre o Col de Tricot e o Refúgio de Plan Glacier”, informou um comunicado.

“A equipe do helicóptero de resgate foi ao local, confirmando a morte do corredor.”.

O PTL é um evento autônomo de ultra resistência de 300 km com 25 mil metros de subida e envolve equipes de dois ou três atletas.

Os participantes são rastreados por um sinal de GPS em todos os momentos e apenas aqueles com experiência adequada podem entrar no evento.

“Todas as equipes do PTL foram informadas da situação. O evento continua em andamento, cada equipe decidirá se continua”, acrescentou o comunicado.

“A família UTMB está profundamente triste e oferece suas condolências à família e amigos da vítima”.

(Reportagem de Martyn Herman)