Aeroportos adotam novo protocolo de uso de máscaras

A partir desta quinta-feira (25) começa a vigorar, no Aeroporto Regional de Maringá, um novo protocolo de uso de máscaras, conforme regulamentação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), voltada para todos os aeroportos do Brasil. As regras também serão aplicadas dentro das aeronaves.

Veja as principais mudanças e medidas adotadas contra a covid-19:

Máscaras que não podem ser usadas

Não será mais permitido o uso de bandanas, lenços ou qualquer outro material que não seja caracterizado como máscara de proteção de uso profissional ou de uso não profissional. Protetores faciais “face shield”, usados sem máscaras por baixo, máscaras de acrílico ou de plástico transparente e as que possuem válvula de expiração também não são mais permitidas. Fica proibido, ainda, as máscaras de proteção de uso não profissional, confeccionadas com apenas uma camada.

Máscaras permitidas

Podem ser utilizadas as máscaras de uso não profissional ou máscaras de uso profissional, como as cirúrgicas e a N95/PFF2, que não tenham válvula de expiração. Está permitido o uso de máscara de proteção, não profissional, com mais de duas camadas, confeccionadas artesanal ou industrialmente.

A orientação da Avisa é para que a máscara de proteção de uso não profissional, seja bem ajustada ao rosto, cobrindo o nariz, a boca e o queixo, minimizando espaços que permitam a entrada ou saída do ar e de gotículas respiratórias. A cada 3 horas, a máscara deve ser trocada.

A Agência também recomenda que as que viagens não essenciais sejam adiadas, como medida de prevenção ao coronavírus.

Colaboração Prefeitura de Maringá