Anvisa recebe pedido de Estados para importação da vacina russa Sputnik V

Por Maria Carolina Marcello

BRASÍLIA (Reuters) – A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu nesta quinta-feira solicitação de 9 Estados para autorização excepcional de importação de doses da vacina russa contra a Covid-19 Sputnik V, informou a agência reguladora em nota.

Bahia, Acre, Rio Grande do Norte, Maranhão, Mato Grosso, Piauí, Ceará, Pernambuco e Sergipe pediram autorização à Anvisa para a importação da vacina desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, de Moscou, e que será posteriormente fabricada no Brasil pela União Química.

A Anvisa acrescentou que deve ocorrer uma reunião na próxima semana entre os cinco diretores da agência e os governadores para tratar o pedido de importação e discutir aspectos técnicos.

“A Anvisa permanece comprometida com a disponibilização de vacinas à população em tempo oportuno e com a devida segurança, qualidade e eficácia. Assim, segue atuando conforme os procedimentos científicos e regulatórios necessários à autorização desses produtos”, afirmou a agência.

A vacina Sputnik V está com pedido de autorização de uso emergencial sendo analisado atualmente pela Anvisa.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3100L-VIEWIMAGE