Austrália prosseguirá com reabertura em meio a casos recordes de Covid-19

Por John Mair

SYDNEY (Reuters) – O governo da Austrália disse que o impacto mais leve da variante Ômicron do coronavírus significa que o país pode seguir adiante com os planos de reabertura da economia, mesmo com o número de novas infecções chegando a um recorde de mais de 37 mil e o crescimento do número de pessoas hospitalizadas.

Um número recorde de novos casos diários foi reportado na segunda-feira nos Estados de Victoria, Queensland, Austrália do Sul e Tasmânia, assim como no Território Capital australiano.

No Estado de Nova Gales do Sul foram reportados 20.794 casos, número mais alto que o de domingo, mas abaixo do recorde diário de 22.577 estabelecido no sábado, com os números de testes menores durante o final de semana do Ano Novo.

O total diário nacional bateu o recorde de mais de 37.150 casos, superando os 35.327 casos de sábado, sem que Austrália Ocidental e Território do Norte tenham reportado suas marcas.

“Precisamos parar de pensar em números de casos e pensar em quadros graves da doença, viver com o vírus, administrar nossa própria saúde e garantir que estamos monitorando os sintomas para que possamos manter nossa economia aberta”, disse o primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, ao Channel Seven.

As hospitalizações subiram para 1.204 em Nova Gales do Sul, uma alta de mais de 10% a partir de domingo, e mais de três vezes a do nível no dia de Natal.